A casa de Mozart no Mundo Espiritual - Revista Espírita 1858

Bom,  como a matéria anterior foi sobre a conversa de um médium com o espírito de Mozart, publicado na Revista Espírita em Maio de 1858. Não poderia deixar passar sobre o relato de sua casa em Júpiter.
http://www.crisamaro.com/2016/06/mozart-revista-espirita-1858.html
Muito interessante!



A casa de Mozart no Mundo Espiritual

O desenho e as explicações abaixo foram extraídos da Revista Espírita de 1958 e representa a fachada da casa de Mozart no mundo espiritual (Júpiter).

O médium Victorien Sardou explica sobre o gênero de ornamentos que o grande artista Mozart escolheu para a sua moradia. É fácil neles reconhecer a lembrança de nossa música terrestre.

Na decoração do térreo encontramos um arco de violino, uma espécie de grande alaúde ou de bandolim, uma lira e toda uma pauta musical. Mais alto, é uma grande janela que lembra, vagamente, a forma de um órgão; os outros têm aparência de grandes notas, e notas mais pequenas são abundantes por sobre toda a fachada.

Seria um erro disso concluir que a música de Júpiter seja comparável à nossa, e que se conta pelos mesmos sinais: Mozart explicou-se sobre ela de modo a não deixar dúvidas a esse respeito; mas os Espíritos lembram, de bom grado, na decoração de suas casas, a missão terrestre que lhes mereceu a encarnação em Júpiter e que resume melhor o caráter de sua inteligência. Assim, na casa de Zoroastro são os astros e a chama que fazem todos os detalhes da decoração.

Há mais; parece que esse simbolismo tem suas regras e seus segredos. Todos esses ornamentos não estão dispostos ao acaso: têm sua ordem lógica e sua significação precisa; mas é uma arte que os Espíritos de Júpiter renunciam em nos fazer compreender, pelo menos até este dia, e sobre a qual não se explicam de bom grado.