Alma Gêmea

Olá Pessoal, 

Tudo bem com vocês? 

Vou falar de um tema que acredito que nunca esteja fora de época, pois é tão procurado em livros, em sites, tem novelas que falam a respeito, enfim, acho que todos que tem sentimentos bons deveriam se expressar a respeito do que acreditam.

Enfim, vamos lá:


Amas Gêmeas 

Alguém já leu "O Banquete" de Platão? Pois é ele já retrava naquela época o significado de Almas Gêmeas, e olha só, ele começa falando de um Mito muito interessante: a dos Andrógenos! O que será isso?

Vamos entender:

O termo grego com que se designaria o fato de um ser ter, ao mesmo tempo, duas natureza sexuais é androginia ou hermafroditismo.
Androginia é uma palavra formada por dois radicais gregos: andros, que significa homem e ginecon, que significa mulher. Hermafroditismo resulta da associação de dois termos gregos: Hermes e Afrodite.

Bom, voltemos ao mito contado por Platão:

Em tempos míticos os homens que viviam sobre a terra possuíam dupla sexualidade, ou seja, ao mesmo tempo masculino e feminino. Esses homens eram tão ousados que chegaram a desafiar os deuses imortais.
Os deuses, assustados com a possibilidade de um ataque humano, à morada dos deuses no Monte Olimpo reuniram-se em assembléia para discutir como anular a ameaça humana. Depois de muitos debates, chegariam a conclusão de que, para se defenderem, só havia uma coisa a fazer: separar os humanos, pois era a sua dupla natureza que os fazia fortes. E separados seriam muito mais fracos e não pensariam mais em ameaçar os deuses.

Assim, os deuses vieram a terra e cortaram, no meio certo, os andrógenos deixando o umbigo como marca da ousadia deles.
O plano dos deuses deu resultado, porque os homens separados passaram, desesperadamente, a procurar as suas metades e, não a encontrando, ficaram infelizes e nada melhor para enfraquecer alguém do que a infelicidade.
Mutilados, incompletos, sofridos, buscando sempre a metade perdida e, quase sempre, equivocando-se nesta busca, o homem  vive o drama da incompletude, deixando, assim, de ser uma ameaça para os imortais.

Que questão, hein? No que acredito?

Acredito em simpatias e afinidades que pode haver entre as pessoas, estreitando entre eles os laços amorosos, amizade, cumplicidade. Então a expressão alma gêmea deveria ser entendida como uma figura de linguagem, uma metáfora que expressaria mais fortemente uma relação entre as pessoas com grande afinidade.

Mas... filosofando

E as estrelas?
Nunca levantaste a cabeça para vislumbrar as estrelas brilhante no céu e de repente algo fisga no coração, e bate aquele sentimento e perguntamos: "Onde você estará?" - sentindo que alguém, não sabemos quem, muito especial estivesse longe? - Saudade e não saber de quem?

Será que só eu sinto isso?

Mesmo com tantos termos, significados, derivados .... Vamos ter pés no chão: Almas Gêmeas não existe!

"Penso, logo existo" de René Descartes 

Penso, Penso, Penso .... pés no chão

E o que sinto? O que você sente? estamos ligados? somos individuais? 
Somos fortes unidos?





Obs.: tenho outras teorias das quais não vou aqui relatar que é das (centelhas divinas) mas como entra em religião, não é o tema proposto. 


Espero que tenham gostado 


boa reflexão